" Redenção dos afetos. Um flerte com o paraíso.
Olhar com outros olhos. Olhar com os olhos
de Deuse nos desertos da solitude,
encontrar jardins de delícias..."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Como ato de recriação do próprio eu em transição, nicho do exercício da liberdade, da imaginação, da lembrança e do futuro, a arte embora guarde segredos, pode revelar mistérios."

  "Quis perpetuar o que foi prismado por tanta ternura por isso traduzi em versos o mapa dos lugares e dos altares que encontrei na solitude quando inocentemente, tentava fugir de mim..."